55051994153919
55051994153919

O uso Inadequado de Corticóide

19/01/2021

   São medicamentos de ação anti-inflamatória e imunossupressora, sendo muito potentes (e perigosos!), e têm as mais diversas indicações para uso. Este medicamento é confeccionado a partir de um hormônio produzido pelo nosso corpo nas glândulas suprarrenais chamado de cortisol. O corticoide, por ser uma espécie de hormônio sintético, não atua apenas onde está o problema, e pode acabar alterando o funcionamento de todo o organismo. É metabolizado pelo fígado e em menor quantidade, excretado pelo rim. Isto significa que um aumento em sua circulação no sangue pode lesionar estes dois órgãos.
  Eles só são opção quando anti-inflamatórios não hormonais não surtem efeito. Ele é ótimo em diminuir a resposta inflamatória, mas, por ser hormônio, o uso constante traz efeitos. Quando administrado, o corpo interpreta que há níveis altos de cortisol no sangue e então diminui a produção do hormônio, prejudicando o equilíbrio do organismo, reduzindo a resposta autoimune do paciente, deixando o indivíduo mais suscetível a infecções. 
  É importante ressaltar que o ideal é que se use pelo menor período possível e em baixa dosagem. Quando o seu uso é mais recorrente ou longo, outros remédios são necessários para tentar conter os seus efeitos colaterais mais significativos. 
 A maioria das pessoas com doenças crônicas não seguem essa indicação e normalmente têm que lidar com os efeitos adversos desses medicamentos, utilizando-os por anos ou por tempo indefinido. Elas podem desenvolver a Síndrome de Cushing, que apresenta sintomas como inchaços, ganho de peso, surgimento de celulites e estrias, apetite descontrolado, aumento da produção de pelos no corpo e no rosto.
   Além disso, o uso prolongado de corticoides pode causar também: 
* Aumento da glicose no sangue, principalmente em diabéticos (devido a alteração do metabolismo dos carboidratos); 
* Desidratação (devido ao desequilíbrio de íons e metabolismo da água); 
* Irritação gástrica (gastrite), podendo causar até mesmo úlceras; 
* Redução da massa muscular (altera o metabolismo proteico); 
* Osteoporose (enfraquecimento do osso). 
   Seu uso requer cuidados e a indicação médica é fundamental, assim como seguir as orientações de posologia e de retirada do medicamento do organismo. 


 

Notícias Relacionadas

Ronco e Apnéia do Sono
10/02/2021 Ronco e Apnéia do Sono

   A apnéia do sono manifesta-se como uma redução ou interrupção completa (apneia)  do  fluxo  aéreo.

Leia mais
Como a alimentação pode ajudar na recuperação das lesões
14/12/2020 Como a alimentação pode ajudar na recuperação das lesões

   Ninguém consegue ficar imune às lesões, porque podem acontecer a qualquer hora e em qualquer lugar. Os atletas têm

Leia mais

FALE CONOSCO

ACOMPANHE-NOS EM
NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • whatsapp
CONVÊNIOS